Ações europeias caem 2,8% após dados fracos da zona do euro, novo plano econômico do Reino Unido

As ações europeias caíram acentuadamente na sexta-feira, com os investidores digerindo uma série de decisões do banco central e um novo plano econômico do Reino Unido.

O Stoxx 600 caiu 2,8% nas negociações do início da tarde, com todos os setores e principais bolsas sendo negociadas no vermelho.

Os estoques de petróleo e gás e os recursos básicos foram os que mais caíram, ambos com queda de mais de 4%.

Os movimentos do mercado de quinta-feira ocorrem depois que o governo do Reino Unido anunciou uma série de cortes de impostos enquanto o país se prepara para uma recessão. A libra esterlina caiu 1,8% em relação ao dólar por volta do meio-dia, sendo negociada a US$ 1,1048 após as notícias.

O Banco da Inglaterra também elevou as taxas em 50 pontos base na quinta-feira – seu sétimo aumento consecutivo – e disse acreditar que a economia do Reino Unido já está em recessão.

Também na quinta-feira, o Banco Nacional Suíço elevou sua taxa de referência para 0,5%, uma mudança que encerra uma era de taxas negativas na Europa.

Enquanto isso, o Federal Reserve dos EUA subiu mais três quartos de ponto percentual na quarta-feira e indicou que os aumentos continuarão chegando.

Banco da Inglaterra eleva taxa de referência em 50 pontos base

As ações dos EUA fecharam em baixa na quinta-feira, seu terceiro declínio diário consecutivo, e os futuros também caíram na sexta-feira.

Enquanto isso, os mercados da Ásia estavam no vermelho, com as ações australianas caindo 2%.

Leave a Comment