Brasil apreende iPhones de lojas por exigência de carregador gratuito

O Ministério da Justiça brasileiro ordenou em setembro a suspensão das vendas do iPhone no país após concluir que a Apple prejudica os consumidores ao não oferecer o adaptador de energia que acompanha o aparelho. Mesmo após multas milionárias, a Apple ainda não cumpre a exigência – o que já levou o regulador de proteção ao consumidor do Distrito Federal a apreender iPhones de lojas de varejo.

iPhones apreendidos no Brasil por não terem carregador incluso

Conforme relatado pela primeira vez por Tecnoblog, o Procon-DF apreendeu “centenas de iPhones em diferentes lojas de varejo em Brasília”, capital do Brasil. Em uma ação denominada “Operação Descarga”, o regulador visa obrigar a Apple a cumprir a legislação local que exige que os smartphones sejam enviados com o carregador incluso na caixa.

Segundo a reportagem, os iPhones foram apreendidos em lojas de operadoras e revendedores autorizados da Apple. O regulador ordenou a proibição de qualquer modelo de iPhone que não tenha o carregador incluído na caixa. Embora a Apple tenha deixado de enviar o acessório gratuitamente com o iPhone 12, a empresa também atualizou o iPhone 11 com uma nova caixa mais compacta sem o carregador.

Após a apreensão dos iPhones, a Apple Brasil solicitou ao governo que permitisse a venda do smartphone no país até a decisão final da disputa. A empresa disse Tecnoblog que continua vendendo iPhones no Brasil apesar da operação.

Conforme observado por MacMagazineO juiz Diego Câmara Alves, que autorizou a empresa a continuar vendendo iPhones no Brasil até decisão final, acredita que a empresa não está violando nenhum direito do consumidor. O juiz também afirma que o regulador brasileiro está “abusando de seu poder” com tal decisão. A Apple diz estar confiante de que vencerá a disputa legal e que os clientes “estão cientes das várias opções para carregar e conectar seus dispositivos”.

A Apple não está tão confiante

Apesar do que a empresa diz estar confiante de que vencerá a disputa, uma decisão recente da empresa mostra o contrário. Com a recém-lançada Apple TV de nova geração, que vem com uma versão atualizada do Siri Remote com USB-C em vez de Lightning, a empresa deixou de enviar o produto com cabo carregador incluso na caixa.

Curiosamente, no Brasil, a nova Apple TV 4K ainda vem com um cabo USB-C incluso na caixa. Embora a empresa não diga os motivos pelos quais tomou essa decisão, parece bastante óbvio que a Apple queria evitar novas multas do regulador brasileiro em meio às controvérsias sobre o carregador do iPhone.

FTC: Usamos links de afiliados automáticos para geração de renda. Mais.


Confira 9to5Mac no YouTube para mais notícias da Apple:

Leave a Comment