Giants adicionam Will Holden para profundidade de ataque ofensivo

O papel do tackle ofensivo de swing não é exótico, mas é de vital importância em uma lista, pois qualquer titular está a uma jogada de cair, e toda a linha ofensiva sofre se não houver um substituto viável.

Os Giants na sexta-feira garantiram um novo candidato para a vaga de swing tackle, contratando o veterano Will Holden. Essa mudança se tornou uma necessidade quando Matt Gono – contratado na offseason para servir como reserva tanto na esquerda quanto na direita – na quarta-feira foi colocado na lista de isentos/esquerda, lidando com um problema no pescoço.

Na mudança de elenco correspondente, o defensive end do terceiro ano Niko Lalos foi dispensado.

Holden, 28, é um jogador muito viajado e os Giants são seu nono time da NFL. Ele foi escolhido na quinta rodada do draft de 2017 dos Cardinals por Vanderbilt. Ele jogou em 27 jogos, sendo nove como titular pelos Cardinals, Ravens, Colts e Lions. Holden, de 1,80m e 140kg, foi titular em quatro jogos como left tackle, dois como right tackle, um como left guard e dois como extra lineman.

  Will Holden #69 do Detroit Lions em ação
Will Holden traz uma sólida profundidade de veterano para a linha ofensiva dos Giants.
Imagens Getty

Com Gono fora de cena, os Giants estavam usando o novato Joe Ezeudu como reserva em quatro pontos diferentes – em todos os lugares da linha ofensiva, exceto no centro. Holden, por enquanto, alivia essa pressão sobre Ezeudu, e ele vai apoiar Andrew Thomas no lado esquerdo e o novato Evan Neal no lado direito.

Lalos era o favorito da equipe técnica de Joe Judge. Não draftado de Dartmouth, ele jogou em seis jogos em 2020 e passou a temporada de 2021 no time de treinos.

Leave a Comment