Jerry Jones, dono do Dallas Cowboys, pede desculpas por ‘palavra M’

O proprietário do Dallas Cowboys, Jerry Jones, pediu desculpas na terça-feira por usar um termo depreciativo para descrever pessoas pequenas ao prestar homenagem a um executivo da equipe que faleceu recentemente.

Jones deixou cair a “palavra m” ao compartilhar com carinho as memórias sobre o ex-diretor de olheiros dos Cowboys, Larry Lacewell, uma figura-chave na série de três títulos do Super Bowl em Dallas na década de 1990.

Ele morreu em maio, aos 85 anos.

“Hoje cedo fiz uma referência que entendo que pode ter sido vista como ofensiva. Peço desculpas”, disse Jones em comunicado na noite de terça-feira.

Falando a repórteres no campo de treinamento dos Cowboys em Oxnard, Califórnia, Jones disse que Lacewell sempre foi uma figura popular que atraía uma audiência sempre que falava.

“Vou arranjar alguém, uma (palavra com M), para ficar lá comigo e vesti-lo como Lace e pensar que Lace ainda está aqui ajudando nos treinos conosco”, disse Jones sorridente. “Mas aqui está para Lace – realmente, e estou falando sério sobre isso.”

O grupo de defesa, Little People of America, chama o termo que Jones usou a “palavra com m”, dizendo que nunca deveria ser usado porque é “considerado um insulto depreciativo”.

“A comunidade de nanismo expressou que eles preferem ser chamados de anões, pessoas pequenas, pessoas de baixa estatura ou com nanismo, ou simplesmente, e mais preferencialmente, por seu nome”, disse a organização.

Leave a Comment