Jogos gratuitos do PlayStation Plus de agosto de 2022 incluem Yakuza: Like a Dragon

Yakuza: Como um dragão e Tony Hawk’s Pro Skater 1 e 2 estará disponível gratuitamente para todos os assinantes do PlayStation Plus em agosto, anunciou a Sony na quarta-feira.

Os usuários poderão baixar as versões PlayStation 4 e PlayStation 5 desses títulos – no caso do THPS, o produto em questão é o Cross Gen Deluxe Bundle, que também vem com algum conteúdo bônus. O outro jogo grátis do mês é Pequenos pesadelos, que estará disponível apenas no PS4. Todos os três títulos estarão gratuitos no PlayStation Plus de 2 de agosto a 6 de setembro.

Tony Hawk’s Pro Skater 1 e 2 lançado originalmente em setembro de 2020 no PS4, Windows PC e Xbox One; mais tarde foi portado para PS5 e Xbox Series X antes do Nintendo Switch. É um remake de Vicarious Visions dos dois primeiros jogos da franquia Tony Hawk’s Pro Skater. O jogo teve uma ótima recepção e, de acordo com o próprio Hawk, a Activision originalmente planejava refazer o terceiro e o quarto jogos da série também. Mas agora que Vicarious Visions faz parte da Blizzard Entertainment (como Blizzard Albany), isso não está mais nas cartas.

Yakuza: Como um dragão é a entrada mais recente da longa série Yakuza de jogos de RPG de mundo aberto da Sega, embora com seu combate baseado em turnos, ele seja diferente de seus antecessores. Ele estreou no Ocidente em novembro de 2020 no PC, PS4, Xbox One e Xbox Series X, mas devido a um acordo de exclusividade cronometrado com a Microsoft para o lançamento dos novos consoles, a versão PS5 não foi lançada até março de 2021. Agora você pode obtê-lo em ambas as plataformas PlayStation!

Estúdios Tarsier Pequenos pesadelos é uma aventura de plataforma de quebra-cabeças com um toque de terror que chegou originalmente em 2017. Desde então, o estúdio lançou uma continuação, a prequela Pequenos Pesadelos 2lançado em 2021.

Entre agora e 2 de agosto, os assinantes do PlayStation Plus ainda podem pegar os jogos gratuitos de julho, que incluem Crash Bandicoot 4: já era hora e As Imagens Sombrias: O Homem de Medan.

Leave a Comment